Sindicato Rural dá início à 2ª edição do Program Jovem Agricultor do futuro

Programa realizado em parceria com o SENAR tem como objetivo oferecer aprendizagem rural a jovens de 14 a 17 anos.

Pelo segundo ano, o programa que conta com a parceria do SENAR e da Prefeitura de Pindamonhangaba, atende alunos da Escola Estadual Pedro Silva, do bairro das Campinas e acontece no contraturno escolar. O programa tem como objetivo proporcionar aos jovens a educação básica em todas as atividades produtivas do meio rural.

De acordo com a instrutora pedagógica, Karen Cristina de Freitas Moraes, a expectativa para a segunda edição do Programa é grande. “Estamos mais experientes e as dificuldades da pandemia, de certa forma, nos ajudaram a melhorar. Acreditamos que podemos contribuir ainda mais para o desenvolvimento pessoal dos alunos”, afirmou.

No programa que teve início no dia 4 de abril, os quinze alunos já tiveram contato com algumas atividades, como a preparação de um canteiro de flores. “Ainda é cedo para dizer, mas, o grupo é bastante maduro e estão se dedicando bastante ao aprendizado, tanto nas aulas práticas como nas teóricas”, explicou o instrutor e engenheiro agrônomo Ruan Calderaro de Oliveira. Segundo o instrutor a expectativa para 2022, são as melhores.

O conteúdo do programa abrange práticas de preparação do solo, controle de pragas e manejo orgânico, gestão de propriedade rural, ética, respeito ao próximo, direitos e deveres, entre outras atividades. Os alunos ainda participam de oficinas e realizam visitas técnicas, em propriedades rurais do município, com o objetivo de exercitar o aprendizado teórico.

Para a instrutora pedagógica o objetivo é que o programa desperte nos jovens o interesse em continuar a desenvolver atividades no setor rural ou em outras áreas, auxiliando, posteriormente, na vida profissional.

“Alisson Kauê Cuba Antônio, é aluno do 3º ano e afirmou ter boas expectativas com o programa. “Meu pai é jardineiro e minha expectativa é aprender mais sobre agricultura, plantas e animais”, comentou. Maria Eduarda da Silva, aluna do nono ano, também está animada. “Espero que o programa me ajude a melhorar como pessoa e que também aprenda mais sobre agricultura”, salientou.

Já Mariane Duarte dos Reis, pretende aprender mais sobre as atividades rurais, já que mora em uma fazenda. “Tenho muito interesse em aprender sobre agricultura e outras atividades porque já ajudo me pai na fazenda e com o aprendizado vai me ajudar muito”, concluiu.

Nos últimos 15 anos, o Senar já formou 36 mil jovens agricultores do futuro em todo o país, capacitando e atingindo altos índices de inserção desses jovens no mercado de trabalho.

Assessoria de Imprensa: Oficina da Comunicação/ Maura Lídia do Vale

(12) 99773-0118- agenciaoficinadacomunicacao@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *